A pedido da primeira-dama, Bolsonaro defende mudança na Previdência

O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta sexta-feira (31) que seja retirado da proposta de reforma da Previdência um item que prevê que deficientes intelectuais com grau leve ou moderado deixem de receber pensão em caso da morte dos pais. Segundo o presidente, o pedido da mudança partiu da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

“Você sabe que os pedidos da primeira-dama geralmente são irrecusáveis e inadiáveis”, declarou o presidente em entrevista à TV Brasil Central (TBC), emissora do governo goiano. “Já passamos para o Rogério Marinho [Secretário de Previdência do Ministério da Economia] e tenho certeza que ele vai atender a primeira-dama”, continuou.

O presidente viajou nesta manhã para Goiânia, onde foi recebido pelo governador, Ronaldo Caiado (DEM), para um café com outras autoridades no Palácio das Esmeraldas, sede do governo. Bolsonaro estava acompanhado acompanhado do ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, e do líder do governo, Major Vítor Hugo (PSL-GO).
Fonte JP