Formação do Grupo Mães que Oram Pelos Filhos

Aconteceu neste domingo, 08 de setembro, às 7:30 horas na Igreja Matriz de Nossa Senhora D’Ajuda, o encontro de formação para o movimento Mães que Oram Pelos Filhos. O encontro foi conduzido pela coordenadora Diocesana do movimento, Gisa Coimbra.

Antes do início do encontro, teve o momento de acolhida com um delicioso café da manhã e logo após, às 08h, o Terço pelos Filhos, Terço do Perdão e logo em seguida, a Santa Missa presidida pelo Padre Vagner de Mello.

Devoção à Nossa Senhora da Salete

A devoção a Nossa Senhora da Salete foi herdada portanto da França, no século XIX. Conta a tradição que na pequena vila de La Salete, situada no confins dos Alpes franceses, dois pastorinhos, Melânia e Maximino, vislumbraram a figura da Virgem Maria, envolvida por uma bola de fogo que mais parecia o sol caído na terra. Atônitos com a aparição, os jovens pastores ficaram paralisados. Naquele momento, a senhora de fisionomia muito triste e preocupada passou a dirigir-lhes mensagens de alerta recomendando ao povo submissão à vontade de Deus, respeito aos preceitos de sua lei, mais religiosidade, mais dedicação à oração e à espiritualidade pessoal. Num alerta especial àqueles que facilmente blasfemavam contra seu Filho Jesus, fez ameaçadoras profecias aos que não se regenerassem. E, recomendando aos dois pastorinhos que levassem a novidade a todo o povo daquela terra, foi-se elevando e desapareceu em um grande facho de luz que chegava até o céu.

Formação Mães que Oram pelos Filhos

Depois de conhecer um pouco da história da devoção de Nossa Senhora da Salete, na pregação do Padre Vagner que refletiu sobre a passagem de “São Lucas 1, 26 a 38”, abordou a cerca da importância de Maria na história da salvação. Pois, como boa mãe, Maria Santíssima, sempre está de braços abertos a acolher os nossos pedidos. “A maternidade de Maria para conosco nasce na cruz” diz Padre Vagner, pois no alto da Cruz, Jesus nos mostra Maria como nossa Mãe ‘Mulher, eis aí o teu filho’. Depois disse ao discípulo: ‘Eis aí a tua Mãe’ (Jo.19, 26-27). Padre Vagner ainda completou: “A igreja nos diz que Maria é a mãe de Deus […] A escolhida por Deus”

A psicóloga Luzia, fez uma reflexão sobre o perdão, e nos pede para praticarmos o perdão. “perdoar assim como somos perdoados” como diz o Pai Nosso. Na Adoração ao Santíssimo Sacramento teve bênção da cidade. E para finalizar, sorteio de brindes para os participantes do encontro.

Confira as fotos na galeria
Foto: Pe. Vagner na Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda – Itanhém – PASCOM/Divulgação