Marco Antonio Villa: Decisão do STF vai contra a Lava Jato e gerará impunidade

STF decide que casos de corrupção e caixa dois ligados a crimes eleitorais deverão ser enviados à Justiça eleitoral. Em resposta, o chefe da força-tarefa da Lava Jato, procurador Deltan Dallagnol, apontou que o STF começa a fechar a janela de combate à corrupção no Brasil.

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo, antecipa que condenações por corrupção podem até ser anuladas. O magistrado sinalizou que isso pode acontecer caso um juiz federal tenha julgado um réu também pelo crime de caixa dois.

“É o que alertamos. O STF quer destruir a Lava Jato, essa é a questão. A Justiça Eleitoral não tem estrutura. A decisão do STF vai gerar impunidade. Todo o combate à impunidade desde 2014 foi jogado na lata do lixo. Agora é esperar como a sociedade vai responder à essa decisão”, diz Marco Antonio Villa.

Confira o comentário completo:

  • JP