Mourão: Um novo padrão de relações entre China e Brasil está sendo estabelecido

O vice-presidente brasileiro viajou a China para fortalecer as relações entre os dois países. Hamilton Mourão vai presidir a reunião da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação, que será realizada nesta quarta-feira (22). O encontro é comandado pelos vice-presidentes dos dois países, mas não acontecia desde 2015.

A Cosban existe há 15 anos e é o principal mecanismo de coordenação das relações entre o gigante asiático e o Brasil, grandes parceiros comerciais.

Durante discurso na China, o vice-presidente Hamilton Mourão disse que ele e Bolsonaro foram eleitos para fazer o país voltar a crescer de forma sustentável. “O governo está consciente dos desafios, e estamos confiantes de que a combinação de reformas estruturais, ajustes físicos e liberalização financeira econômica vão permitir a recuperação da economia”, disse.

O vice-presidente Hamilton Mourão finalizou a fala dizendo que um novo padrão entre os dois países está sendo estabelecido.

De acordo com dados do Ministério da Economia, o Brasil lucrou 29,5 bilhões de dólares com o comércio bilateral com a China somente no ano passado.

O MAPA acredita que 75 frigoríficos brasileiros serão habilitados a exportar para a China em breve.

Além da visita de Mourão e da comitiva nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro deve viajar para o país em outubro deste ano. Logo depois, em novembro, o presidente chinês Xi Jinping vem ao Brasil para participar da 11ª Cúpula do Brics.

*Informações da repórter Nanny Cox