(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: "ca-pub-9238853027404359", enable_page_level_ads: true }); Mutirão de cirurgias de fissura labial é realizado em parceria com o HMTF - Bahia Noticias Extremo Sul
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: "ca-pub-9238853027404359", enable_page_level_ads: true });

Mutirão de cirurgias de fissura labial é realizado em parceria com o HMTF

A Secretaria Municipal de Saúde, através do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, participa de mutirão de cirurgias de fissura labial realizado nestes dias 23 e 25 de novembro de Teixeira de Freitas. Ao todo, mais de dez crianças já passaram pelo procedimento. O mutirão conta com uma equipe multiprofissional com odontopediatra, buco-maxilo, cirurgião plástico, além de anestesista, enfermeiro e instrumentadores.

 

O mutirão é realizado pela Fundação Astória Néri que, há duas décadas, realiza este trabalho no município. Uma das fundadoras Viviane Néri explica como é feita a captação desses pacientes. “No início do projeto quem colaborava com a captação eram as enfermeiras, mas com o tempo e desenvolvimento do trabalho, as próprias prefeituras através das Secretarias de Saúde e Assistência Social fazem a notificação e trazem estes pacientes, e em muitos casos já na própria maternidade como, por exemplo, a UMMI nos acionam. Então este acompanhamento é feito desde a gestação e este trabalho dessa maneira se faz muito importante para que a as famílias conheçam a importância dessa cirurgia desde cedo”.

Na equipe de trabalho o cirurgião Buco-Maxilo, Djalma Cordeiro, explicou que esta cirurgia envolve muito a questão da autoestima do paciente. “Esses pacientes já nascem com esta fissura, que muitos deles enfrentam preconceitos na sociedade, e uma cirurgia como essa na maioria dos casos devolve a autoestima para estes pacientes”.

Entre os familiares estava Eliana Cruzeiro, mãe do Joabe de 5 anos, que fez a cirurgia no HMTF. “Este trabalho que tem acontecido aqui foi uma das melhores coisas que já aconteceu. Somos muito bem atendidos por toda a equipe, eu já tenho uma filha de 11 anos que também já passou por essa cirurgia, então só tenho como agradecer”.