‘Só não pode criticar o governo’, diz Bolsonaro sobre declarações de Weintraub

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta quarta-feira (20), que não pretende retirar Abraham Weintraub do comando do Ministério da Educação (MEC). O ministro vem sendo criticado por declarações e ataques promovidos nas redes sociais.

“Não, por enquanto, não [sobre uma possível troca no MEC]. Todos os ministros têm liberdade de expressão, só não pode criticar o governo”, disse Bolsonaro.

O presidente também afirmou que “tudo pode acontecer”, quando questionado se a Secretaria de Esportes deixará o Ministério da Cidadania. Ele ressaltou que há secretarias que merecem virar ministérios, mas que ele não fará esta mudança. “Até para dar recado de austeridade”, completou.

*Com Estadão Conteúdo